Remedios para o zumbido no ouvido

Descubra que soluções existem para aliviar o zumbido interno.

Na AXA Health Keeper contamos com profissionais de todos os ramos que o ajudarão e resolverão todas as suas dúvidas. Registe-se e conheça-nos.

O que é um zumbido?

Um zumbido é uma sensação auditiva que consiste em perceber sons que não vêm de fora, mas de dentro. zumbir, assobiar ou assobiar pode tornar o silêncio impossível para muitos alcançarem.
Segundo a Sociedade Espanhola de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço, é o terceiro sintoma mais incapacitante que uma pessoa pode sofrer, depois de dores intensas e distúrbios de equilíbrio.
Oito por cento da população é afetada por esses ruídos irritantes no ouvido, segundo a Organização Mundial da Saúde. Se crônico, o zumbido pode prejudicar a qualidade de vida das pessoas, embora um diagnóstico precoce possa mitigá-la.

Causas do zumbido

  • Esta não é uma doença, mas um sintoma de que a atividade da via auditiva não está funcionando adequadamente.
  • Trauma acústico: superexposição a ruídos altos em ambientes de trabalho ou lazer.
  • Envelhecimento: A idade pode ser um fator de risco neste sintoma.
  • Perda auditiva: perda auditiva
  • Diferentes distúrbios: anemia, hipertensão, enxaquecas, problemas nas articulações dos maxilares, etc.
  • Otite: sofrendo de infecções no ouvido médio ou endurecimento dos ossos, lesões no aparelho auditivo ou num tampão de cera.
  • Algumas doenças: existem patologias que podem afectar o sistema auditivo (tumores, acidente vascular cerebral, tiróide, menière…).
  • Estresse: Situações de ansiedade, tensão e humor depressivo podem piorar a situação.
  • Causa desconhecida: 50% dos casos não sabem por que ocorre o zumbido.

Tinnitus. Tratamentos

Segundo os especialistas, a principal solução para esse problema é aliviar a percepção do ruído, mascarando-o.
1. re-treino terapêutico: visa fazer com que o paciente desconheça a presença destes ruídos, acostumando-o a outros sons (como os da natureza), com o objetivo de fazer com que o zumbido passe para segundo plano.
2. mensagens positivas: é essencial que o médico aconselhe a pessoa com uma mensagem optimista, pois é necessário ter um bom estado emocional para aprender a bloquear o zumbido.
3. Medicamentos: apenas 15% dos afetados necessitam de tratamento farmacológico ou cirúrgico específico. Nestes casos, vasodilatadores, anti-histamínicos ou corticóides são usados para parar esta desordem.
4. Aparelhos auditivos: uma medida eficaz que elimina a causa ou doença subjacente. Assim, por exemplo, se for perda auditiva (diminuição da acuidade auditiva) podem ser utilizados aparelhos auditivos ou aparelhos que emitem um som em volume baixo.
5. Terapia psicológica: pode ajudar enormemente se houver sinais de stress e/ou depressão.
6. Sons ambientais: tocar música relaxante, sons reconfortantes (água, vento, etc.) ou ventiladores podem ajudar a disfarçar o zumbido e ajudá-lo a adormecer. Gotas medicinais

Tinnitus. Tratamento natural

Alguns remedios caseiros para zumbido no ouvido são, Ervas medicinais: preparações de ginkgo, spirulina, mistletoe, gengibre, mirtilo e banana melhoram o fornecimento de sangue para o ouvido, reduzem o estresse e ajudam a manter as estruturas auditivas.
Gotas medicinais: algumas plantas podem reduzir os sintomas do zumbido, introduzindo-as no ouvido sob a forma de gotículas. Por exemplo, alho, lavanda, hortelã, sabugueiro, salsa ou mulleína.
Eliminar os estimulantes: evitar a cafeína ou outras substâncias estimulantes pode levar à melhoria.
Comer mais vegetais: está provado que uma dieta rica em vegetais pode reduzir os sons desagradáveis e retardar a sua aparência, uma vez que têm baixo teor de gordura saturada e alta percentagem de minerais e fibras.

 

4 dicas para emagrecer de forma saudável

É comum vermos pessoas querendo emagrecer de forma saudável, mas, infelizmente, nem sempre isso acontece. Muitas dietas e métodos mirabolantes prometem resultados rápidos, o que muitas vezes coloca a saúde das pessoas em risco.

No entanto, é importante lembrar que perder peso não deve ser apenas uma questão de estética, e sim de saúde.

Por isso, de nada adianta comprometer outros pontos do organismo em busca do peso ideal.

Veja dicas para emagrecer da forma certa.

Pratique exercícios

Praticar exercícios é uma das principais maneiras de emagrecer de forma saudável. Além de prevenir diversas doenças, os exercícios físicos podem ajudar no processo da queima de gordura.

Eles devem ser aliados a uma dieta balanceada e saudável e praticados de forma regular. Três vezes por semana já é uma boa frequência. 

Tenha cuidado com dietas restritivas

Dietas mirabolantes não devem ser seguidas, principalmente aquelas que propõem restrições e grandes intervalos entre as refeições. Ficar com fome não é uma maneira de emagrecer. Como explicado pelo Dr Uronal Zancan do Programa 100D, ter hábitos de alimentação saudáveis é o que faz a diferença.

Para perder peso, basta escolher os alimentos corretos para compor a refeição. Dê preferência alimentos naturais e com poucos conservantes.

Controle a ansiedade e o estresse

Manter-se ansioso ou estressado não faz bem para a saúde, nem para seu peso. Muitas pessoas descontam seu humor na comida, aumentando o consumo de alimentos gordurosos e calóricos.

Além disso, o estresse causa reações no corpo que dificultam o emagrecimento. Por isso, o ideal é permanecer sempre o mais tranquilo possível. 

Diminua o consumo de sal e açúcar

O sal e o açúcar em excesso podem ser grandes vilões no processo da perda de peso. Não é preciso cortá-los totalmente, mas eles devem ser ingeridos com moderação.

Isso porque o sal em excesso aumenta o risco de hipertensão e é uma das principais causas de retenção de líquidos, aumentando o peso corporal e a sensação de inchaço.

Já o açúcar transforma-se em gordura, que o corpo tende a acumular na região da barriga.

Antes de ir, não esqueça de compartilhar esse post com seus amigos, para que eles também descubram essas 4 dicas para emagrecer de forma saudável. Não importa apenas perder peso, mas sim manter-se saudável.

Motivos para a falta de disposição

muito cansaçoQuem é que não se sente cansado, desanimado, sem disposição e bem energia para a rotina de vez em quando, não é mesmo?!

Aí então você se pega pensando quando virava a noite na balada e ia trabalhar no outro dia, ou quando terminava o expediente e ainda tinha pique para encarar um happy hour.

O fato é que se sentir cansado de vez em quando é algo muito normal, afinal, ninguém é de ferro.

No entanto, quando esse quadro passa a se apresentar de uma forma frequente na vida de uma pessoa, é preciso cuidado, afinal, pode ser sinal de que algo não vai bem, uma boa alternativa nesses casos é recorrer ao uso de suplementos que possam ajudar a melhorar o problema, o Gnesis funciona e é um dos melhores no momento.

Então, se você está passando por esses problemas, o melhor é entender os motivos que o estão causando, veja:

  • Estresse

O estresse em excesso pode ser um grande culpado dos problemas de fadiga tanto mental quanto física.

Isso porque estar constantemente em situações de pressão, viver atarefado ou preocupado, oprimido, reprimindo sentimentos ou tomando decisões de muito peso, pode acabar com a sua disposição.

Obviamente que é quase impossível levar uma vida com zero estresse, especialmente na cidade grande, mas isso não pode ser uma constante.

  • Excesso de cafeína

A cafeína é um estimulante poderoso, ótimo para aumentar a disposição logo cedo da manhã. No entanto, quando consumida em excesso ela tem o efeito reverso.

De acordo com especialistas o consumo diário de quantidades acima de 300mg, podem trazer prejuízos a longo prazo, dificultando pegar no sono mais profundamente.

Com uma noite de sono leve, o resultado é que o cérebro não descansa e você já acorda completamente cansado e sem disposição.

  • Beber com frequência

Tomar uma bebida alcoolica ocasionalmente não é algo que traz muitos prejuízos. No entanto, quando isso se torna frequente e excessivo, você terá um grande problema em mãos e acabar com suas energias.

Tomar até duas taças de vinho ou dois copos de cerveja é considerado algo moderado. Por outro lado, acima disso, especialmente com maior frequência, é o fim da sua disposição.

  • Falta de nutrientes

Ferro, vitamina S, gordura, bem como outras vitaminas e minerais podem afetar seus níveis de energia quando estão em baixa.

Por isso, nada melhor do que manter uma alimentação bastante nutritiva, embora não seja fácil no dia a dia.

Quanto custa um clareamento dental 

O clareamento dental é um procedimento feito com a finalidade de ter dentes brancos e bonitos. É claro que além da estética, ter dentes mais branco também pode significar ter dentes limpos, melhor auto estima e bem estar.

Este é um procedimento que a cada ano vem aumentando a procura nos consultórios odontológicos, com isso também algumas dúvidas podem surgir, o que é absolutamente normal. Uma dúvida bastante comum é o preço que um clareamento dental pode custar e é exatamente sobre isto que vamos falar.

Por existir vários tipos de clareamento dental, o valor pode variar entre R$ 400,00 e até R$ 2.500,00. Esta variação tão grande existe porque cada paciente tem uma necessidade diferente. Pode ser que alguns com apenas o procedimento mais simples já tenham o resultado esperado, enquanto outros podem levar bastante tempo, gastar mais seções e até fazer mais de um tipo de clareamento ao mesmo tempo.

A escolha do procedimento para clarear os dentes deve ser feita pelo dentista que fará a avaliação. É importante lembrar que antes de iniciar o tratamento, você precisa ter orientação e que alguns procedimentos somente devem ser feitos no consultório ou clínicas especializadas para tal finalidade.

Podem interferir no tipo de tratamento e consequentemente, no preço, a condição em que os dentes se encontram, a sua coloração natural e até a expectativa do paciente.

Quando fazer o clareamento?

Você não precisa ter os dentes muito escuros para fazer o clareamento, basta ser um pouco insatisfeito com a coloração.

Se você não está grávida, amamentando ou fazendo algum tratamento que baixe a sua imunidade como as radio e a quimioterapia você pode fazer um clareamento a qualquer momento. O procedimento não é recomendado para menores de 18 anos.

Para fazer o clareamento, independente do tipo, é aplicado um gel sobre os dentes. Este gel é a base de carbamida ou Peróxido de Hidrogênio. E porque então a diferença de valores a pagar? É simples a resposta: A técnica de aplicação varia de paciente para paciente, sendo a concentração do gel, de acordo com a necessidade de cada pessoa.

Como pesquisar os preços

Como qualquer produto, os procedimentos também variam de preço dependendo da região em que você se encontra e claro, da clínica também, mas é certo que você deve fazer essa busco com bastante cuidado, afim de encontrar um profissional que seja especializado no procedimento.

Você pode usar como base, uma tabela de referência de valores, elaborada pelo Conselho Regional de Odontologia, assim você se assegura de não pagar valores abusivos.

As técnicas de clareamento

Conheça os tipos mais comuns de clareamento dental e a média de preço para eles:

  • Clareamento caseiro – O clareamento caseiro é feito pelo próprio paciente em casa, utilizando conforme recomendado pelo dentista, o kit que ele mesmo fornecerá. No kit, o paciente recebe além do gel, uma moldeira já adaptada à boca do paciente. Durante este processo, o paciente volta algumas vezes ao dentista para que avalie o andamento. Todo o tratamento dura em média 15 dias e tem um custo que varia de R$ 400,00 até R$ 700,00.
  • Clareamento com Whitedent: Para quem não conhece, White Dent é um produto para clareamento que dá muito resultado, o bom é que o preço é bem acessível, a partir de R$350,00.
  • Clareamento de consultório – Este já um procedimento para clarear os dentes que necessita de um profissional especializado. Ele fará no consultório, a aplicação de uma concentração maior do gel e fará a fotoativação utilizando luz de LED. As aplicações do gel em concentração acima de 40% devem ser feitas, protegendo as mucosas da boca, pois podem causar queimaduras e é por esta razão que não deve ser feita em casa. Embora necessite de mais cuidado, este procedimento é mais rápido que o clareamento caseiro. Contudo, o custo tem uma variação entre R$ 500,00 e R$ 1.000,00.
  • Clareamento a Laser – Parecido ao procedimento feito em consultório, o clareamento a laser se diferencia porque o laser ativa as propriedades do gel, tornando-o mais forte e eficaz para agir de maneira mais rápida. O número de sessões vai depender da necessidade do paciente e claro, pode interferir também no valor a ser pago. Mais caros dos tipos de clareamento dental, o clareamento a laser pode custar uma média que varia de R$ 800,00 à R$ 2.500,00 por sessão.

A duração de um clareamento dental varia de acordo com cada paciente e claro, com os cuidados que cada um toma após passarem pelo procedimento. Seguindo corretamente as orientações do seu dentista, o clareamento pode durar até 5 anos.

O que é disfunção erétil

Disfunção erétil, também conhecida como impotência sexual, é a incapacidade de manter a ereção do pênis.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia, 51% dos homens com idade superior a quarenta anos relata algum problema relativo a ereção.

A disfunção erétil pode estar relacionada a causas orgânicas ou psicológicas.

Fatores que podem influenciar na disfunção erétil

  • Transtorno psicológico.

O stress, o cansaço e a ansiedade podem levar o homem a passar por um momento de cobrança e medo. A própria insegurança pode ser a causa da disfunção erétil.

  • Bebidas alcoólicas

O abuso no consumo do álcool, a longo prazo, pode causar a disfunção erétil.

  • Problemas hormonais

Baixo nível de testosterona pode alterar o fluxo no sangue e dificultar a ereção.

  • Problemas neurológico

Doenças neurológicas como Parkinson, Alzheimer, lesão de medula podem ser causas de disfunção erétil.

  • Tabagismo

O habito do fumo prejudica o sistema vascular afetando os músculos, veias e artérias impedindo a circulação do sangue no corpo. O tabaco propicia a criação de placas nas artérias que dificultam a irrigação e ereção do pênis.

  • Medicamentos

O uso continuo de medicação para hipertensão (pressão alta) pode afetar a eficácia da ereção.

Como prevenir a disfunção erétil?

Em casos físicos sua prevenção pode ser feita através de uma alimentação equilibrada, praticar exercícios físicos regulares, evitar o stress, a ansiedade, bem como o consumo excessivo de álcool, drogas e tabaco. Além disso o uso de algum suplemento natural como Tittanus costuma colaborar para prevenção.

Em causas psíquicas poderíamos iniciar na família. Ensinar aos meninos sobre a vida sexual combatendo os tabus, preconceitos, mitos e ideias errôneas sobre a sexualidade masculina.

Tratamento

O tratamento pode variar de acordo com cada paciente. Em muitos casos a disfunção erétil é casual, por razões psíquicas e não requer um tratamento químico.

Se diagnosticada através de um profissional da área, alguns tratamentos são oferecidos ao paciente como:

  • Terapia

Muitas vezes a disfunção é devida a um bloqueio psicológico e um terapeuta poderá ser de grande ajuda. Conversar sobre o problema pode mudar sua forma de reagir diante da situação.

  • Medicação oral

Geralmente é primeira opção usada pelo médico. São pílulas que aumentam o fluxo sanguíneo favorecendo a ereção. Deve ser ingerida entre 1 e 2 horas antes de manter a relação.

  • Medicamento injetável

Mesma finalidade da pílula com a diferença que age bem mais rápido. Deve ser injetada 15 minutos antes da relação sexual.

  • Prótese

Utilizada em casos extremos de disfunção erétil permanente. É feita a colocação de uma prótese intra peniana através de cirurgia.

Para saber mais sobre a disfunção erétil, vale assistir este vídeo:

Como emagrecer no pós-parto

Ter um filho é uma das situações mais mágicas que uma mulher pode viver, mas que, infelizmente traz algumas consequências não tão felizes para ela. Uma delas é o ganho de peso, que apesar de ser absolutamente normal na gestação, incomoda muito as mulheres depois do parto.

Certamente, 9 entre 10 mulheres que tiveram filhos recentemente, buscam por maneiras de como emagrecer no pós-parto e, se você faz parte desses 90%, vale a pena acompanhar este artigo e conhecer algumas dicas preciosas para recuperar seu peso de antes.

Descubra maneiras de como emagrecer no pós-parto

Sempre que uma mãe busca por dicas de emagrecimento no pós-parto, encontra a informação de que amamentar emagrece. De fato, isso é verdade, mas a amamentação eliminará apenas os quilos adquiridos para o bebê.

Ou seja, se você aproveitou da sua gestação para enfiar o pé na jaca, e engordou mais do que o necessário, não conte com a amamentação para recuperar seu peso anterior.

Para te ajudar com esses quilos extras, separamos algumas dicas simples. Vamos a elas:

  • Alimente-se bem: você certamente está sentindo uma fome absurda no período da amamentação, e isso é normal. Mas procure sempre se alimentar bem, evitando gorduras, açúcares e carboidratos, que em excesso, farão mal até para o seu bebê.
  • Exercícios leves: sabemos que você deve estar exausta com a nova rotina, um bebê preenche todo o tempo da mãe, por isso, sempre que der, vá ao mercado ou feira a pé, prefira as escadas ao invés do elevador. Se preferir, procure aulas particulares de Yoga ou outra atividade leve. Exercitar-se é fundamental. Depois do puerpério, pode voltar a rotina anterior de exercícios.
  • Beba muita água: normalmente um corpo humano necessita de pelo menos 2 litros de água por dia para funcionar corretamente, quando se amamenta essa necessidade aumenta muito. Então, quanto mais água você beber, melhor será para você e seu pequeno.
  • Procure um nutricionista: se em um período de seis meses seu corpo não voltar ao normal, procure um nutricionista e peça uma dieta com as calorias reduzidas na quantidade certa, afinal, você quer emagrecer, mas seu bebê ainda deve estar mamando.

Importante, não use medicamentos, qualquer coisa pode ser prejudicial ao bebê, porém, caso queira, nada impede usar produtos naturais como o Womax, porque eles não fazem mal nem a mãe nem ao bebê.

Se quiser conhecer mais dicas, assista esse vídeo:

Seguindo essas dicas de como emagrecer no pós-parto, com certeza você conseguirá recuperar seu peso anterior a gravidez sem sofrer. No entanto, é importante que tenha em mente que este não é um processo com resultados d

Como usar creme para estrias

estriasSabemos que quanto mais antigas, mais difícil é o tratamento para estrias. Então a verdade é que o melhor remédio é a prevenção.

 Hoje eu quero falar um pouquinho para vocês sobre como usar corretamente os cremes para estrias, a fim de evitar essas cicatrizes que nos fazem brigar com o espelho.

Antes de falar sobre como usar é importante lembrar algumas das possíveis causas do aparecimento das estrias, que pode acontecer por fatores genéticos, assim como podem acontecer por alguns cuidados que não tomamos. O principal motivo de aparecimento de estrias, é o ganho repentino de peso, que faz com que a pele se estire rapidamente, rompendo as camadas de colágeno e elastina da pele.

Quando acontece essa ruptura, as cicatrizes logo aparecem em tons avermelhados, acompanhados de ceceira. Mais tarde elas se tornam roxas, e mais tarde ainda brancas, que é quando já não são fáceis de serem tratadas.

O aparecimento de estrias é muito comum na adolescência, quando o corpo passa por uma rápida transformação, e engana-se quem pensa que este é um problema que acomete apenas mulheres. Ao contrário, há muitos homens que também sofrem com as estrias.

Outro período favorável ao aparecimento das estrias, é o período da gravidez, quando a pele da barriga, assim como de outras partes do corpo, tendem a passar por alterações. Sugere-se como prevenção, que a mulher não deixe de hidratar bastante essas regiões. Ela pode fazer o uso de óleos e cremes para isto.

E qual a maneira correta de aplicar os cremes anti estrias?

Antes de saber a maneira correta, você precisa se certificar de que está usando produtos adequados com os compostos corretos para ajudar a prevenir o aparecimento de novas estrias e para amenizar as marcas das já existentes.


No geral os cremes para tratamento e prevenção de estrias são elaborados à base de colágeno, eslastina e vitamina E. Com poder de hidratação, eles ajudam a pele a se manter húmida e eslástica, evitando o rompimento que deixa as marcas.

O uso correto dos cremes, influencia no resultado, isto é fato, mas não significa que o creme é capaz de acabar de vez com as estrias, porque isto varia do grau e tempo que esta cicatriz existe.

Os cremes devem ser passados com uma suave pressão nos pontos existentes, fazendo movimentos circulares que ativam a circulação sanguínea desta região, fazendo com que a absorção dos componentes do creme sejam absorvidas.

Você deve fazer a aplicação diariamente e esperar que seque completamente para então vestir a roupa.

Nos dias atuais, existem métodos profissionais mais específicos para o tratamento, mas ainda prevalece, cuidar e prevenir. O custo benefício será muito melhor. Um dos melhores cremes para estrias do mercado é o Skin Renov.

Nunca deixe de apresentar as estrias que você tem a um dermatologista. Ele poderá te ajudar na escolha do melhor creme e do melhor tratamento para as estrias. Além disso, grávidas também não devem fazer o uso de nenhum produto, sem o conhecimento de um médico, ainda que sejam produtos de uso externo.

Quais as causas e como evitar as estrias

As estrias são listras que aparecem devido à falta de elasticidade necessária da pele. Apesar de não trazerem, diretamente, algum dano à saúde, elas podem ser incômodas para a aparência e autoestima.

Por isso, saber as suas causas, e principalmente, como evitar as estrias, pode evitar esse desconforto em relação às marcas.

Causas das estrias

As estrias surgem por um alongamento demasiado da pele porque, apesar de a pele possuir elasticidade, ela não consegue esticar rapidamente e em grande quantidade, por isso, algumas situações podem causar estrias, como por exemplo:

Gravidez

A gravidez é uma das grandes causas de estrias entre as mulheres, causadas pelo crescimento da barriga. As estrias tendem a manter-se nessa região mesmo depois do nascimento do bebê.

Estirão na puberdade

Muitos adolescentes têm o chamado estirão. Esse fenômeno nada mais é do que o rápido ganho de altura.

Devido ao rápido crescimento do corpo, a pele muitas vezes não consegue acompanhar e se alongar na mesma velocidade, causando estrias, principalmente nas costas.

Rápido ganho de peso

Outro motivo bastante comum para o surgimento de estrias é o ganho de peso. Como as medidas aumentam, a pele acaba esticando demais e trazendo consigo as marquinhas.

Como evitar as estrias

No entanto, existem alguns meios de evitar as estrias para que elas não apareçam. Com essas atitudes simples do dia a dia ainda é possível combater as estrias que já apareceram, porém, pode ser que demorem mais para mostrar resultados, quando comparado com outros métodos dermatológicos.

Beber água

A desidratação é uma das causas das estrias, já que a pele também fica ressecada.

Desse modo, manter-se sempre bem hidratado é uma boa maneira fugir das “listrinhas”, e ainda, combate-las mesmo depois que elas já apareceram.

Ter uma boa alimentação

Nutrientes ricos em fibras e vitaminas também são muito importantes no combate as estrias. A vitamina C, em específico, auxilia na saúde da pele, deixando-a mais hidratada e preparada para situações em que as estrias surgem.

Manter a pele hidratada

Como já vemos, as estrias são causadas, também, pela desidratação da pele. Por isso, manter a pele bem hidratada com cremes e loções para o corpo ajuda a reduzir as marcas, um muito bom é o Skin Renov que além de hidratar consegue diminuir muito as estrias..

Agora que você já conhece as causas, e principalmente como evitar as estrias, já pode começar a tomar as atitudes necessárias para prevenir o surgimento das marcas tão indesejadas.

Você já sabia quais eram as causas das estrias? E o que achou das dicas sobre como evitá-las? Deixe sua opinião nos comentários! Se você souber alguma outra dica, não esqueça de também compartilhá-las.

A importância de um seguro de saúde

Você se preocupa com sua saúde e deseja protegê-la? Precisa de um produto para trazer segurança para sua família? Conheça 3 vantagens de fazer um seguro saúde que podem ser diferenciais para você!

O seguro saúde é uma das principais fontes de segurança para diversos tratamentos médicos que venham a ser necessários na vida de uma pessoa. Ninguém gosta de ser pego se surpresa, não é verdade?



É preciso dizer que existem muitas diferenças entre as empresas que fornecem esse tipo de serviço, o que pode afetar na questão de qualidade comparativa, mas alguns pontos servem para todas. Nesse artigo você vai conhecer as vantagens de fazer um seguro saúde.

  1. Excelente relação custo-benefício

Muitos se assustam com o investimento necessário para aquisição de um seguro saúde, mas na verdade, ele possui uma excelente relação custo-benefício. Nessa modalidade é possível optar por um serviço que se enquadre no orçamento. Você adquire qualidade nos serviços prestados e percebe o retorno do investimento feito.

Diferentemente do que acontece com os planos de saúde, que usa parâmetros como idade para encaixá-lo em uma parcela de valor, o seguro saúde tem critérios mais pessoais que busca sanar aquilo que precisa em relação a suas condições.

  1. Vasta rede de acesso

A rede de acesso veiculada aos seguros saúde pode ser vasta, de maneira que ao adquirir esse tipo de produto, a tranquilidade possa ser uma consequência da sua aquisição.

Com uma maior quantidade de prestadores, seus problemas de saúde podem ter mais opções para o devido tratamento. Vale a pena pesquisar se o plano no qual está interessado também oferece assistência do tipo seguro saude viagem, principalmente se você costuma viajar com frequência.

  1. Vantagens para maior número de pessoas

Você tem uma empresa? Sabia que os funcionários podem optar por um seguro saúde que faça a cobertura de todos? Nessa modalidade, os trabalhadores conseguem garantias atrativas, independentemente do cargo que possuam dentro da instituição.

A própria empresa pode sair ganhando com a opção do seguro saúde para grupos com maior número de participantes. Nessa categoria, é comum que os participantes tenham à disposição descontos diferenciados na compra de remédios, quando adquiridos em redes credenciadas.

Essa categoria de seguro de saúde para grupos maiores engloba um determinado número de pessoas que têm acesso conjunto na hora da compra, portanto, ela não é apenas empresarial.

Se você deseja adquirir esse produto para sua família, também é possível, porém em condições um pouco diferentes. Em casos gerais, as empresas têm um maior número de participantes que uma família, e incide na relação de compra.

Existem ainda outras vantagens de fazer um seguro saúde. Basta apenas uma simples pesquisa para encontrar mais pontos positivos.

Lembre-se que é preciso ter atenção quando for escolher um seguro saúde para sua família. Assista o vídeo a seguir para saber mais:

Cursos de emagrecimento online

Se antes as revistas de celebridades e fofocas eram os redutos para propagandas de diversas dietas e métodos para emagrecer, agora pelo visto a Internet está tendo uma enxurrada de propagandas de cursos e métodos que prometem ajudar a emagrecer de forma rápida e simples.

Mas será que estes cursos realmente funcionam ou apenas são golpes bem elaborados para arrancar dinheiro de pessoas desesperadas por emagrecer? É isto que vamos analisar aqui, continue lendo para saber tudo a respeito.

Bem, a primeira coisa que precisamos analisar é o que a propaganda dos cursos prometem e o que realmente entregam, também é preciso ter em mente que existem vários cursos sendo oferecidos por aí e com métodos de emagrecimento diferentes, alguns prometem emagrecer com exercícios, outros com alimentação saudável, outros emagrecer com detox e por aí vai.

Para saber se a propaganda do curso realmente entrega o que promete, só sabendo qual o real conteúdo que você vai receber, para isto só comprando o curso ou se informando com alguém que já o comprou antes, quando um curso é muito conhecido basta fazer uma pesquisa na Internet e ver se existem muitas pessoas falando bem a respeito ou se tem algum reclamação em sites como o Reclame Aqui.

Uma dica importante é verificar se o conteúdo é no formato de vídeo aulas ou e-books ( livros digitais ). Se um curso promete emagrecer com exercícios o mais interessante é que seja no formato de vídeo aulas mostrando como fazer os exercícios, sequência que deve ser feita, etc, como o Xtreme 21

Eu mesmo já comprei um curso que prometia emagrecer em menos de 50 dias e quando tive acesso ao material me desapontei pois era no formato de e-book e com explicações confusas, sendo assim fica difícil de conseguir executar e ter resultados.

Um conteúdo em formato e-book só vai ser útil em programas de emagrecimento baseados em alimentação ou detox nos quais você precisa seguir um cardápio, agora se for baseado em exercícios sempre confira se o conteúdo prometido é entregue em vídeo aulas porque isto é muito importante para que você consiga resultados.

O Programa Três Marias por exemplo é um ótimo curso no formato e-book, nele é explicado como usar uma alimentação saudável para emagrecer com uma dieta fácil se seguir:

Existem muitos cursos de emagrecimento bons, porém para que funcionem também depende de você, é necessário seguir a risca o que é ensinado, no caso de treinamentos, fazer os exercícios diariamente conforme o ensinado nos vídeos e o caso de e-books seguir as receitas e cardápios informados corretamente sem pular dias ou sem consumir outros alimentos que não estão indicados.